segunda-feira, abril 20, 2009

Apetece-me estar sozinho....



Apetece-me estar sozinho,

e deixar chorar minha alma,
Abrir meu peito,

para uma corrente de ar bem calma.

Apetece-me olhar o rio,
Mira-lo na tarde revolta,
Que o revolta também
Deixando a margem ondulada mente envolta

Apetece-me ficar sozinho, e contemplar,
A cidade que do outro lado me abraça,

como que dizendo, vem me redescobrir,

vem me amar em plena praça.


Apetece-me ficar sozinho e pensar em nós

No que vivemos, no que gememos,

No que sentimos, no que sorrimos

Enfim, o que vivemos.


Apetece-me dividir a praça contigo,

Ficarmos sós, na imensidão da multidão que nos rodeia

Perguntar-te inocentemente,

Sabes qual a metade que em mim passeia?


1 comentário:

divadecor disse...

Será que algum dia irei saber ...?