quarta-feira, outubro 08, 2008

Como é que eu aprendi sem o Magalhães?


Ano 2038, Portugal…
Pelos dias de hoje, Portugal é hoje uma potencia mundial, a taxa de desemprego é das mais baixas da comunidade europeia, o nosso sistema de saúde é funcional e acessível para todos. Temos estradas que tiraram o interior do pais do isolamento, e potencializamos todas essas regiões. Quando penso que tudo isso foi possível devido ao sucesso que foi e é o Magalhães! Esse pequeno portátil para crianças entre os 6 e os 10 anos, que permitiu dar um empurrão á economia do pais, com a sua exportação para o exterior. Hugo Chavez o ainda líder Colombiano recebeu uma medalha de mérito da Ordem do Infante D. Henrique, por ter sido o primeiro chefe de estado a comprar 1 Milhão de “Magalhães” e o ter publicitado.
Digo aos meus Netos que eu aprendi sem o Magalhães, e eles olham para mim como um Dinossauro, não acreditando no que lhes estou a dizer, como se estivesse senil e doente, “Avô, como é que aprendeste sem o Magalhães, isso é impossível”! De facto também eu começo a duvidar que isso seja possível! Todos espalhados pelo mundo tem um Magalhães. Diferentes do 1º Magalhães, mais bonito, mais prático, mais funcional, inclusive tornou-se num 3 em 1, faz também de televisão e telemóvel, é a ver os meninos a aprender nas aulas com o Magalhães e a teclarem com os pais pelo msn, em plena aula de Educação Sexual ou Matemática!
Como é que eu aprendi sem o Magalhães?
Obrigado Magalhães por teres salvo Portugal

1 comentário:

Paulo disse...

No nosso tempo tinhamos os Pais, os amigos, os professores, para nos ensinarem.
Agora os Pais "não têm tempo", os amigos "não existem" (são as Playstation), os professores pouco ensinam...então teve que se "inventar" o Magalhães, o salvador da pátria...em 2038 talvez, em 2008 não acredito que o seja, que me descule o Sócrates.

Abraço,