terça-feira, julho 13, 2010

bailar debaixo de chuva


"la vida no se trata de como sobrevivir a una tempestad, sino de cómo bailar bajo la lluvia."

A vida não se trata de sobreviver a uma tempestade,
mas sim de como bailar debaixo de chuva!
Sobreviver perante uma tempestade é instinto,
é escolher a melhor opção para nos abrigarmos dela,
é fugir ou enfrentar!

Bailar debaixo de chuva é opção,
e isso faz toda a diferença.
É escolhermos o ritmo,
a melodia,
inclusive,
o “louco” que connosco pode fazer par,
e se não existir esse “louco”,
é continuarmos a bailar debaixo de chuva,
por entre a chuva.
Molhados, mas livres!
Quero sempre bailar debaixo de chuva!

1 comentário:

Mímica escrita de Kewarra disse...

As tuas palavras alcançaram o mais profundo de mim.
Bailar quando a música soa afinada em nós diante de uma pista de dança, é fácil.
Resta saber:
- recriar a melodia após a perda de instrumentos e de notas musicais;
- elaborar a coreografia quando o chão treme e foge dos nossos pés.

Resta saber bailar assim, para nunca deixares de dançar com toda a tua alma.